A obra de Larissa Ribeiro, esposa do chefe da Assessoria de Planejamento Empresarial de Itaipu, Daniel de Andrade Ribeiro, narra a vivência da família e os desafios da filha, Aline.


“Feliz!”, descreveu Aline Ribeiro, 21 anos, ao se ver na capa do livro “Entre dois mundos, uma história de amor”, que ela própria autografou ao lado da mãe, Larissa Ribeiro, na noite de lançamento da obra, no último dia 30, na Livraria da Vila, no Shopping Pátio Batel, em Curitiba.

A sintonia da relação familiar na frequência do amor é um convite ao leitor a mergulhar em dois mundos que se encontram na confluência de três almas entrelaçadas: Larissa (a mãe), Aline (a filha) e Daniel de Andrade Ribeiro (o pai, chefe da Assessoria de Planejamento Empresarial de Itaipu). A obra conta a trajetória de uma família que encara desafios e preconceitos, esbarra em limitações, vence batalhas diárias, supera medos e barreiras sociais, comemora vitórias, ensina sobre amor, paciência, tolerância, inclusão e pertencimento.

A biografia, escrita pela mãe em tom descontraído, revela erros e acertos no processo de descobertas e da aceitação, mas, acima de tudo, mostra como o fio condutor da relação entre a autora e a filha, Aline, diagnosticada com autismo aos 3 anos de idade, sempre foi um amor maior do que qualquer condição genética. “Desde que tomamos consciência do universo autista, mudamos nossa maneira de amar, nossa postura e atitudes, para lidar com o diferente”, sublinhou Larissa.

Larissa conta que teve incentivo dentro de casa para tornar o projeto do livro uma realidade. Ela começou a escrever apoiada pelo marido Daniel, por amigos e familiares. O livro foi uma construção de quase oito anos de trabalho, “nasceu com o desejo de fazer um relato das experiências ordinárias e extraordinárias que o universo autista nos apresenta a cada dia”, completa.

E não faltaram inspirações para escrever – às vezes, interrompidas pelas crises nervosas da filha. “Eu ficava imaginando como poderia passar essa experiência, agregando valor para outras pessoas, inspirando uma reflexão, a partir da minha história, desde a descoberta do diagnóstico. Muitas vezes, é um processo não muito pacífico para as famílias, sobretudo para os pais, que no primeiro momento sofrem um choque, porque todo o processo gera uma angústia muito grande. O livro nasceu dessa inspiração e foi ganhando forma a partir das nossas vivências”, acrescenta.

Até Aline chegar na vida do casal, Larissa conta que não tinha ideia alguma sobre o universo do autismo. “Hoje, existe uma outra arena de discussões, tanto social quanto científica. Isso para os pais é um alento, mas ainda assim o discurso da inclusão ainda está muito distante da postura original das pessoas, causa uma estranheza, situações de constrangimentos e preconceitos”, explica. "Eu quero quebrar isso, mostrando que é possível fazer caminhos diferentes, fora dos padrões e ser feliz."

Segundo a autora, as experiências vividas em família trouxeram uma quebra de paradigmas. “Eu pretendo mudar o olhar sobre a pessoa diferente, sobre o comportamento que parece destoar do padrão. O paradigma que eu pretendo quebrar é justamente esse: não precisamos ser padrões, não precisamos ser iguais. Cada um tem sua necessidade especial, e não precisa necessariamente ser uma deficiência. Aliás, o autismo não é uma deficiência. Ele traz uma demanda de déficits em que a pessoa precisa aprender a lidar e encontrar suas potencialidades. Não é doença, é uma condição humana”, enfatiza.

Ao abrir as páginas do livro, o leitor se depara com o ninho da família Ribeiro. A intimidade dessa relação familiar está na sutileza do amor, que além de proteger também acolhe e ensina. “A gente busca propiciar para a Aline a inclusão em todos os sentidos”, diz o pai, Daniel.

Na condição de pai e esposo orgulhoso, Daniel acredita que o leitor terá muito a ganhar com as narrativas delineadas em 279 páginas. “Para pessoas que tâm filhos autistas, é um alento; para famílias que têm filhos ou parentes com qualquer outra diferença, e acabam os escondendo do mundo, muitas vezes ‘trancando’ essa relação, o livro mostra como lidar com essa situação e revela o importante papel da inclusão social”, disse. “Um objetivo ainda maior do livro é desvendar a quem não tem filhos ou parentes autistas um pouco mais deste universo”, completou.

Impressões dos convidados

Diversos colegas da Itaipu prestigiaram o evento. João Emílio Correia da Silva de Mendonça, assistente da Diretoria Jurídica, se sensibilizou com a história da família Ribeiro. “Tenho dois primos [com autismo] e vou presentear os meus familiares com exemplares do livro”, disse. “Esse tipo de ação compartilhada na forma de livro é fundamental para ajudar as pessoas a lidarem com o diferente sem causar estranheza”.

Para o assistente da Diretoria Geral Brasileira, Dalton Fernando da Costa, que conhece Aline desde pequena, a história dela é um exemplo de superação. “Acompanhamos de longa data a dedicação desta família. Externalizar esse sentimento de apreço por eles é gratificante e fazer parte deste momento da vida da Larissa, da Aline e do Daniel é uma honra”, concluiu.

Crédito das fotos: Joel Rocha / Itaipu Binacional

Nosso Endereço

  • RUA BENEVENUTO ZANETTE 281 - Centro - São MIGUEL DO IGUAÇU - PR CEP: 85,877-000 - Brasil
  • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • (45) 3565-1815
Configurações do Site

Cor

Escolha uma das cores abaixo:
Azul Laranja Vermelho

Corpo

Cor de fundo
Cor do texto

Cabeçalho

Cor de Fundo

Destaque 3

Cor de Fundo

Destaque 4

Cor de Fundo

Destaque 5

Cor de Fundo

Rodapé

Selecione um tipo de menu
Fontes do Google
Tamanho da fonte
Tipo da Fonte
Direção